Porsche é considerada inocente na morte de Paul Walker


Paul Walker morreu em um trágico acidente de carro em 2013, aos 40 anos de idade. O astro de Velozes e Furiosos é lembrado até hoje pela família e pelo elenco do filme, que ainda sentem profundamente a dor da perda. O processo iniciado pelo pai de Walker contra a Porsche, carro em que o ator estava quando sofreu o acidente, vem sendo desgastante. Mas, apesar das barreiras, a família não quer desistir de encontrar o responsável pela fatalidade.

E mais um ponto deste caso foi revelado. Segundo informações do site norte-americano People, um júri declarou a Porsche inocente das acusações na morte do ator. Alguns fatos afirmam que o veículo em que Paul estava sofria de falhas mecânicas, e que isso teria causado o acidente. O juiz chegou a ignorar o fato de que o carro não foi construído para resistir a impactos laterais e que a célula de combustível tinha sido comprometida, causando o incêndio. Essas evidências estavam sendo sustentadas por Kristine Rodas, esposa de Roger Rodas, que dirigia o carro na época e também foi morto.

Com esta decisão, a filha de Paul, Meadow Walker, ficou devastada. Entretanto, ela não desistirá de esclarecer a morte do pai. "Paul Walker era um passageiro naquele carro. Ele sobreviveu a batida, mas ficou preso e acabou morrendo queimado por conta dos defeitos no veículo", revelou o advogado da família. O advogado ainda acrescenta que Meadow continuará lutando para declarar a marca responsável.

Porsche é considerada inocente na morte de Paul Walker Porsche é considerada inocente na morte de Paul Walker Reviewed by Notícias dos Famosos e da TV on 19:07:00 Rating: 5
Notícias dos Famosos e da Televisão. Tecnologia do Blogger.