UFC é vendido por R$ 13 bilhões e gera lucro incrível aos irmãos Fertitta


Menos de 24 horas depois do histórico evento de número 200, o UFC foi vendido. E por uma quantia impressionante de US$ 4 bilhões (quase R$ 13 bi), nada mais nada menos que 2000 vezes mais do que valia em 2001, quando os irmãos Fertitta o compraram. O comprador agora é o grupo chinês WME-IMG e a venda será oficializada na segunda-feira. As informações são do New York Times, mas já foram confirmadas por Dana White para a ESPN. "O esporte está indo para um novo nível", disse Dana White.

Dana, aliás, seguirá como presidente da empresa e com uma parcela de 1% do UFC. "Presidente, proprietário, trabalhando duro. Só fazendo isso sem meus melhores amigos e parceiros pelos últimos 20 anos", continuou White. Em 2001, os irmãos Fertitta pagaram só US$ 2 milhões pela empresa. A negociação foi selada logo após o UFC 200 em acordo assinado ainda na noite de sábado.

As empresas Silver Lake, Kohlberg Kravis Roberts e Michael S. Dell foram as apoiadoras da negociação, considerada a maior da história de uma franquia de esportes. As conversas entre as partes vinham desde maio. No último sábado, a organização recebeu um dos maiores eventos de sua história, com a participação de campeões e ex-campeões como Anderson Silva, Daniel Cormier, José Aldo, Brock Lesnar, Cain Velásquez, Frankie Edgar e outros.

UFC é vendido por R$ 13 bilhões e gera lucro incrível aos irmãos Fertitta UFC é vendido por R$ 13 bilhões e gera lucro incrível aos irmãos Fertitta Reviewed by Notícias dos Famosos e da TV on 18:46:00 Rating: 5
Notícias dos Famosos e da Televisão. Tecnologia do Blogger.