UFC Brasília tem show de Cris Cyborg, vitórias de Barão e Massaranduba


Depois das empolgantes lutas no card preliminar, o card principal do UFC Brasília, que foi realizado no último sábado (24), seguiu com o bom nível e grandes lutas foram realizadas no ginásio Nilson Nelson. Confirmando o grande favoritismo, Cris Cyborg brilhou na luta principal do evento e nocauteou a estreante Lina Lansberg no segundo round, após castigar a sueca no ground and pound. No co-main event, Renan Barão traçou boa estratégia com sua equipe e derrotou Phillipe Nover por decisão unânime dos jurados, conquistando sua primeira vitória na categoria peso-pena.

O card principal ainda contou com os destaques de Roy Nelson, Francisco Massaranduba, Eric Spicely e Godofredo Pepey, que foram superiores e levaram a melhor sobre Antônio Pezão, Paul Felder, Thiago Marreta e Mike de la Torre, respectivamente. Vale ressaltar, em especial, o triunfo de Massaranduba, que foi o sétimo consecutivo do brasileiro, que se consolida cada vez mais na divisão dos leves.

Cyborg dá show e nocauteia Lansberg
Não fugindo de sua principal característica, Cris Cyborg começou o confronto partindo para cima de Lina Lansberg. O duelo foi para a grade e a brasileira seguiu pressionando, aplicando boas joelhadas e socos. Perto do último minuto, a curitibana conseguiu a queda e conseguiu bons golpes no ground and pound. Cris ainda encontrou, nos últimos segundos, tempo necessário para castigar a sueca na grade, terminando os primeiros cinco minutos em clara vantagem. No segundo assalto, Cris seguiu dando show dentro do cage, combinando bons socos e joelhadas. Na sequência, Cyborg voltou a derrubar Lansberg, e foi desta forma que a lutadora definiu o confronto. A brasileira voltou a castigar a sueca no ground and pound, mostrou versatilidade e, depois de uma saraivada de golpes, o combate foi interrompido pelo árbitro. Sendo assim, Cris saiu vencedora por nocaute técnico e conquistou sua 17ª vitória no MMA profissional, sendo a 15ª por nocaute.

Barão traça boa estratégia e vence a primeira nos penas
Renan Barão e Phillipe Nover já buscaram a trocação franca desde os primeiros momentos da luta. Mais ofensivo no combate, o brasileiro arriscava mais golpes, mas sempre recebia resposta do americano. Nos minutos finais do primeiro round, vendo que a troca de socos com Nover estava bem equilibrada, Barão passou a utilizar mais de seus chutes, e saiu em vantagem nos primeiros cinco minutos. No segundo assalto, o lutador da Nova União voltou mais ativo, com boas combinações de socos e chutes. Encontrando a distância, Renan ganhou mais confiança, e seguiu melhor no confronto, abrindo dois pontos. No último round, Renan seguiu com sua efetividade e, sabendo controlar a distância e trabalhando a movimentação, aplicou bons golpes. Seguindo instrução de Dedé Pederneiras, Barão ainda aplicou boa queda sobre Nover, mas rapidamente a luta ficou em pé novamente. Traçando uma boa estratégia e mostrando estar mais inteiro na luta, o ex-campeão dos galos passou a circular mais no cage e, quando entrava em colisão com o americano, trabalhava com golpes rápidos. Ao final do confronto, por decisão unânime dos jurados, Barão saiu vencedor e conquistou seu primeiro triunfo na divisão dos penas.

Massaranduba vence e emplaca sétimo triunfo consecutivo
Apostando nos chutes altos, Paul Felder começou atacando na luta. No entanto, aos poucos, Francisco Massaranduba foi entrando na luta e, mesmo com uma envergadura bem menor, não se intimidou, aplicando bons socos e chutes sobre o americano. Logo depois, o combate passou a ficar mais amarrado, com o brasileiro pressionando na grade e apostando nas joelhadas, terminando o assalto com uma leve vantagem. No segundo round, Francisco passou a utilizar mais o seu Boxe, e foi desta forma que seguiu melhor na luta. Quando encontrou a brecha, o lutador da Evolução Thai levou o combate para o chão e, mesmo sem muita efetividade, segurou seu oponente por um bom tempo no solo, abrindo dois pontos. No terceiro e último assalto, seguindo estratégia de sua equipe, Massaranduba veio mais defensivo, buscando mais os contragolpes. Precisando mostrar serviço por estar em desvantagem, Paul Felder aplicou alguns golpes, mas foi acertado pelo brasileiro com uma forte cotovelada e, como já estava ferido, o machucado se abriu ainda mais. O médico entrou no cage para avaliar a situação do americano e decidiu que o lutador não tinha mais condições de voltar a lutar. Desta forma, Massaranduba saiu vencedor e emplacou sua sétima vitória consecutiva no UFC, mostrando-se cada vez mais embalado na divisão dos leves.

Nelson nocauteia e coloca Pezão em situação de risco no UFC
Confirmando seu apelido, Antônio Pezão começou o confronto apostando em seus fortes chutes, e alguns deles acertaram em cheio Roy Nelson. Após começar em desvantagem, o americano começou a se soltar no combate e, após aplicar dois bons socos, encurralou o brasileiro na grade, onde a luta permaneceu até o final dos primeiros cinco minutos. No segundo assalto, Pezão passou a utilizar mais de sua movimentação, a fim de escapar dos duros golpes de Nelson. Se mostrando com mais fôlego em relação ao seu oponente no terceiro e último round, o "Bigfoot" se movimentava melhor, mas em determinado momento do round, parou de golpear e, aproveitando-se da brecha oferecida, Roy Nelson aplicou um duro golpe, levou o brasileiro a knockdown e definiu a luta no ground and pound. Com o triunfo, o veterano lutador se recuperou do revés para Derrick Lewis e voltou a vencer. Já Pezão amargou sua terceira derrota consecutiva no UFC e agora se encontra em situação de risco na organização.

Spicely finaliza Marreta e conquista primeira vitória no UFC
Sabendo da força de Thiago Marreta na luta em pé, Eric Spicely começou a luta com uma boa estratégia, e logo conseguiu derrubar o brasileiro. Trabalhando por cima no chão, o americano mostrou uma boa técnica no Jiu-Jitsu, grudou no brasileiro e, em brecha dada por Marreta, Spicely finalizou com um mata-leão no primeiro round. Sendo assim, Eric se recuperou do revés na estreia e conquistou sua primeira vitória na franquia.

Pepey brilha, encaixa mata-leão e volta a vencer
Em um duelo eletrizantes desde os primeiros segundos, Godofredo Pepey, ao contrário do que os fãs de MMA imaginavam, se arriscou na trocação e protagonizou ótimos momentos de ação contra Mike de La Torre. Com vantagem na luta em pé, o brasileiro buscou a queda, grudou no americano e, quando teve a brecha, aplicou um justo mata-leão, finalizando a luta ainda no primeiro round. Desta forma, o cearense se recuperou de seu último revés e voltou a vencer pelo UFC.


CARD COMPLETO:
UFC Brasília
Ginásio Nilson Nelson, em Brasília
Sábado, 24 de setembro de 2016

Card principal
Cris Cyborg derrotou Lina Lansberg por nocaute técnico no 2R
Renan Barão derrotou Phillipe Nover por decisão unânime dos jurados
Roy Nelson derrotou Antônio Pezão por nocaute técnico no 2R
Francisco Massaranduba derrotou Paul Felder por interrupção médica no 3R
Eric Spicely finalizou Thiago Marreta com um mata-leão no 1R
Godofredo Pepey finalizou Mike de La Torre com um mata-leão no 1R

Card preliminar
Michel Trator derrotou Gilbert Durinho por decisão unânime dos jurados
Rani Yahya derrotou Michinori Tanaka por decisão unânime dos jurados
Jussier Formiga derrotou Dustin Ortiz por decisão unânime dos jurados
Erick Silva finalizou Luan Chagas com um mata-leão no 3R
Alan Nuguette derrotou Steven Ray por decisão unânime dos jurados
Vicente Luque derrotou Hector Urbina por nocaute no 1R
Gregor Gillespie derrotou Glaico França por decisão unânime dos jurados

UFC Brasília tem show de Cris Cyborg, vitórias de Barão e Massaranduba UFC Brasília tem show de Cris Cyborg, vitórias de Barão e Massaranduba Reviewed by Notícias dos Famosos e da TV on 16:34:00 Rating: 5
Notícias dos Famosos e da Televisão. Tecnologia do Blogger.