loading...

Família veta filmes de Ayrton Senna por causa de Galisteu


A família de Ayrton Senna recebeu várias propostas de estúdios para contar a vida do piloto – morto em 1º de maio de 1994 – em um filme. Contudo, os entes queridos do ídolo nacional vetaram dois roteiros que contavam sua história por causa de Adriane Galisteu, namorada de Senna na época. Isso porque as duas obras eram baseadas na vida de Ayrton e no livro da apresentadora, “O Caminho das Borboletas”, lançado apenas seis meses após a morte do piloto.

A ideia dos projetos abortados era contar não só a paixão do piloto pelas pistas, mas também pela loira. Entretanto, os irmãos e pais de Senna não consideraram Galisteu como o “grande amor da vida” do famoso. A artista, inclusive, foi impedida de seguir para o enterro de Senna com a família de seu namorado. De acordo com o colunista Ricardo Feltrin, o Instituto Ayrton Senna não quis comentar o assunto, mas a família de Ayrton sempre negou que tivesse algo contra a apresentadora.

Vale lembrar que, no documentário sobre o piloto lançado em 2010, feito com aval e sob supervisão da família, Adriane apareceu por poucos segundos, e teve ao menos um depoimento cortado da versão final. Em tempo: No lugar de Adriane Galisteu, Xuxa Meneghel sempre foi tratada como uma espécie de “primeira-viúva” de Ayrton Senna pela família do piloto. A eterna Rainha dos Baixinhos namorou Senna no final da década de 1980.
Família veta filmes de Ayrton Senna por causa de Galisteu Família veta filmes de Ayrton Senna por causa de Galisteu Reviewed by Notícias dos Famosos e da TV on 19:37:00 Rating: 5
loading...
Notícias dos Famosos e da Televisão. Tecnologia do Blogger.